A Decathlon, multinacional francesa de artigos desportivos, está a construir uma mega loja no edifício que outrora foi sede das garagens e oficinas da “Baptista Russo & Irmão”. O imóvel, inaugurado em 1962, marcou durante muitos anos aquela zona da cidade e aquilo que era, à época, o dinamismo da distribuição da indústria automóvel.

Situado no cruzamento das avenidas Marechal Gomes da Costa e Infante Dom Henrique, ali bem à porta do Parque das Nações, o edifício, há muitos anos desactivado, está a sofrer profundas obras de reabilitação. A multinacional francesa, com sede em Lille, vai investir cerca de 16 milhões de euros na sua recuperação, devendo ali estar instalar também os serviços administrativos da sua representação em Portugal. Com 3.000m2 de área de venda, a nova loja terá mais de 100 práticas desportivas com uma grande oferta dos produtos concebidos e desenvolvidos pelas marcas próprias do universo Decathlon.

A  nova loja segue a filosofia seguida pela multinacional já em outros espaços na Europa, com várias zonas de teste e experimentação de material de desportivo, uma área de 1.600m2 para praticar desporto e uma zona de restauração no topo do edifício. O que não deixará de ser uma mais-valia preciosa dada a belíssima vista de rio que a localização do imóvel proporciona.

Segundo a imprensa especializada de Distribuição, a nova loja Decathlon terá 330 lugares de estacionamento e criará 50 novos postos de trabalho, devendo ser inaugurada até ao final de 2018 ou princípios de 2019.

A cadeia francesa conta actualmente com 23 lojas em Portugal e está presente em 38 países.

A zona onde se insere a futura loja Decathlon – a freguesia de Marvila e a Zona Oriental da capital – está em profunda mutação, de que é exemplo também a recente aquisição das vizinhas instalações da antiga Fábrica Barros, com 20.000 m2 de terreno, pelos promotores franceses da Union de Partenaires pour l’Investissement (UPI) com vista à sua transformação num condomínio residencial e de escritórios.

Fonte: Diário Imobiliário